Tags

, , , ,

Aliviada pelo fato de não ter sido desmoralizada por essa enquete e um pouco mais confiante no futuro da humanidade, comentarei o resultado:

60% dos votantes não usariam a bendita bolsa nem que a ganhassem de graça! Rá, não falei que os leitores deste blog são inteligentes, críticos e pé-no-chão?

23% até que usariam – mas só se a recebessem de grátis – ou então simplesmente… não se importam.

17% disseram que logicamente a usariam. Esse grupo representa a minoria dos votantes, portanto não vou massacrá-los. Em nome da democracia e da diversidade de opinião.

Apenas gostaria de dizer que se você tem uma, está na “fila de espera fake“, já declarou publicamente a sua admiração por ela, divulga o produto ou tem interesses financeiros na venda do mesmo, eu entendo perfeitamente que você queira defender o seu.

As baixarias que três cidadãos escreveram na opção de resposta aberta simplesmente ignorei, por motivos óbvios. Só preferia que essas mesmas pessoas tivessem ao menos tentado contra-argumentar com fundamentos racionais, mas eu sei que isso seria uma missão impossível, então tudo bem.  Além do mais, me daria muita preguiça ler que a falsificação oportunista de uma bolsa, utilizando-se de materiais de quinta categoria, “foi uma idéia original e divertida”. Simplesmente porque crime é crime e ponto final.

Infelizmente, o Brasil é um país onde impera o “você sabe com quem está falando?” e a lei não funciona da mesma maneira para todos, coisa que alguns membros da sociedade civil conseguem ter a ousadia de aplaudir. Pela impunidade, eu só lamento. E quanto à pirataria, repito: é crime.

Enfim, o resultado da enquete me faz ter a esperança de que, se houvesse uma lista de espera dos que não querem a birkin de moletom, esta seria bem maior que a dos que desejam uma.

E, por falar nisso, lista de espera, neste caso, me parece um golpe de marketing bastante bobo e sem cabimento. Se a bolsa fosse feita de crocodilo rosa-queimado em extinção habitante dos mangues termais da Tanzânia, até se justificaria. Porém, moletom é um material que pelo que eu saiba não está em falta. E essas bolsinhas fake não são feitas artesanalmente como as Birkin originais. Alguma desculpa para a fila de espera? Será que estão tendo problemas judiciais com o grupo Lacoste? *hohoho*

Obrigada a todos os que participaram da enquete e comentaram no post.

Anúncios