Tags

, , , ,

Se tem uma coisa que eu não entendo é o estrelismo de algumas meninas que têm blogs sobre moda, maquiagem e comportamento. Uma das características desse estrelismo é a total intolerância com comentários de pessoas – anônimas ou não – que criticam algo que escreveram ou fizeram.

É claro que eu não estou dizendo que as pessoas têm o direito de serem grosseiras e de saírem dizendo tudo que pensam sem se importarem com os sentimentos e com a honra dos demais. Não defendo quem age assim. Só que não acho que o fato de que um leitor atue assim dê o direito ao blogueiro de se comportar de forma ainda pior.

É claro que eu sei que tem muita gente má, que só quer destruir em vez de construir, e é lógico que eu sei que algumas pessoas de fato são invejosas. Mas a pergunta é: essas pessoas realmente merecem tanta atenção?

Foi pensando sobre isso que eu escrevi essas…

DICAS PARA AS BLOGUEIRAS DE MODA QUE QUEREM SUPERAR O SEU ESTRELISMO INFANTIL, RIDÍCULO E DESNECESSÁRIO:

1) Valorize mais os seus leitores e os comentários que estes deixam no seu blog.

2) Aprenda a lidar com as críticas. Muitas são destrutivas e só querem te deixar para baixo. Mas muitas podem conter toques ou dicas que – acredite – você estava precisando.

3) O nível dos comentários que você recebe – incluindo os que você modera – são um bom termômetro da imagem que você está passando.

4) Se mais de cinco pessoas disseram que você é exibida, esnobe, nojenta, esbanjadora, preconceituosa ou chata, tente entender os motivos dessas pessoas. De repente, você tem um problema de comunicação e de expressão. Ou simplesmente está se expondo demais. Ou então você é tudo isso mesmo, assuma.

5) Todo mundo ama os elogios – e só sendo muito hipócrita para negar – mas as críticas também são inevitáveis. Para você e para todos os humanos.

6) Aprenda a responder às perguntas dos seus leitores. Não os trate como chatos e burros. Lembre-se que você precisa deles. Dos leitores e dos comentários.

7) “Procure na caixa de pesquisa” é uma resposta que geralmente soa bem antipática. Se não tem paciência para responder, ou se todo o mundo vai perceber que você achou a pergunta idiota, prefira o silêncio.

8) Os elogios que os seus leitores escrevem para você não significam que você é o máximo e, portanto, eles são obrigados a te darem esse feedback. Elogios, geralmente, são sinceros. Aprenda a lidar com eles e segure o ego. Elogios vêm e vão com a mesma facilidade. Cuidado.

9) Quando alguém te criticar – mesmo que seja um stalker alucinado – não faça draminha no twitter, só para que os seus fiéis escudeiros te consolem e digam que as pessoas são más, rancorosas, invejosas, têm pereba, chulé e narigão, fedem e são pobres.

10) Não ameace de abandonar o seu blog, o seu twitter, o seu orkut, o seu formspring, etc. e tal,  por causa das críticas que recebe. Todo mundo vai perceber que o que você quer é que o povo te implore para não fazer isso. O dia em que você realmente quiser cometer suicídio virtual, você vai se matar e pronto. Sem estardalhaço.

11) “Você me critica porque tem inveja de mim” é o argumento mais banalizado da blogosfera. Muita gente tem inveja, sim, e eu não vou negar isso, mas nem todo mundo padece desse mal. Muitas vezes o mal está nos olhos – ou no coração – do ser que vê e não do ser que é visto.

12) Se trinta leitores te elogiaram num post e você não deu a mínima para eles, não dê toda essa atenção ao único zé-mané que te esculachou. Você tem todo o direito de dar uma linda resposta e salvar a sua dignidade, mas a sua educação tem que estar acima de tudo. E o erro de outra pessoa não vai justificar o seu.

13) Nunca dedique um post – e muito menos um poema – aos que te criticam. Já que vai gastar essa energia toda, gaste-a com aqueles que te dão força dia após dia e alimentam o seus momentos de protagonista.

14) Lembre-se que você decidiu não ser anônima. Você decidiu por o seu nome e publicar as suas fotos. É uma decisão sua. Ninguém está te obrigando a se expor dessa forma. Assim como ninguém é obrigado a atuar como você. Ou seja, não é só porque uma opinião ou inclusive uma crítica vieram de um anônimo que elas merecem ser desconsideradas ou ignoradas.

15) Se você não suporta receber uma crítica, nem que seja de leve, bem leve, desista de publicar looks do dia: ninguém tem a obrigação de achar aquela sapatilha que destruiu o seu visual e te deixou com cara de duende linda. Ninguém é obrigado a achar aquela calça que você roubou do seu namorado uma fofura. E alguém vai acabar te dizendo que não gostou. Ossos do ofício.

16) Se você não tem noções de colorimetria e de pigmentação e estrutura da pele, ou se tem esse conhecimento mas te dá preguiça de responder a cada leitor, não diga que qualquer tom de maquiagem combina com qualquer tom de pele. Isso é mentira.

17) Você não é o máximo só porque segue apenas 100 pessoas no twitter e é seguido por 10 mil. Oprah Winfrey só há uma, minha gente. Supere esse complexo.

18) Não tenha vergonha de dizer que comprou certa roupa num brechó, num outlet ou que ela é de três temporadas passadas. Muita gente nota quando você come sardinha e arrota caviar.

19) Massagens no ego viciam. Reflita sobre isso. Ou então vire uma carente que dá pena e só quer se promover custe o que custar.

20) Não se leve tão a sério. Você não é melhor do que ninguém. E manter o bom humor ainda é uma atitude elegante.

Anúncios