Tags

, , , ,

Respeitável público,

Finalmente, depois de alguns dias, publico o depoimento que a “menina estressada” enviou para o blog. Demorei um pouco, pois precisava confirmar se ela queria que eu pusesse o nome dela ou não. Então, aproveitando o embalo, deixo o seguinte recado para quem quiser enviar depoimentos para o blog: a não ser que você diga expressamente que posso publicar o seu nome, adotarei os habituais apelidos.

Menina estressada,

Muito obrigada por ter enviado o seu depoimento. Claro que você pode falar o que você quiser e bem entender, sempre. Aqui na minha laje, liberdade de expressão não é só retórica jurídica e bandeira democrática, é realidade mesmo. #defacto

Querida de chanel na laje:
Em primeiro lugar gostaria de te dar parabéns pelo blog. Gostei muito de ler o depoimento que vc publicou da outra menina e me deu vontade de te mandar o meu. Na verdade, o meu nem chega a ser um depoimento depoimento, sabe? O que eu queria dizer mesmo é que vc tá muito certa de dizer que a leitura de “certos” blogs de moda podem fazer muito mal à saúde mental de muita gente. Tive plena consciência disso ao ler o depoimento que vc publicou e também ao ler os comentários que algumas garotas fazem em certos blogs mais “afetadinhos”. Fico bolada como tem gente sem amor próprio, né? Exemplo: uma menina que cultiva o seu lado mais patricinha de ser e é altamente fútil, além de burra (sabe gente que escreve bege com J?), tem um blog onde ela exibe as suas roupinhas de marca, e um monte de retardadas escrevem na maior cara dura que sentem INVEJA dela, que querem ser como ela quando crescerem, que ela é DIVA, que é EXEMPLO, que é INSPIRAÇÃO, etc. Putz, isso me deixa muito irritada. E eu que não suporto a tal menina nem o tal blog, de vez em quando me sinto “obrigada” a ver o que tá rolando por lá (especialmente os comentários). É, eu tenho uma veia masoquista. Acho que o povo tem que ser mais crítico quando lê as coisas. Não é só porque Fulana tem um pouco mais de grana que já é diva e luxo e poder e sedução. Por favor, sejamos realistas. Num país como o Brasil, com tanta desigualdade social, eu questiono até que ponto essa exibição de bens materiais é ética. Na boa, tem gente que começa a acreditar que se não tiver um batom de R$69 da MAC não vai ser feliz. Mesmo. Essa era a reflexão que eu queria fazer. Acabou sendo um desabafo. Se vc acha que ficou forte ou se achar que não é legal falar no seu blog sobre algo que rola em outro blog, eu entendo perfeitamente. Continue com os seus posts leves, críticos e engraçados. Vc é a prova de que para falar de moda a pessoa não precisa ser afetada nem exibida. Obrigada.

Se você também teve o seu momento epifânico, se estressou com alguma coisa, está se sentindo pressionada por algo, ou simplesmente está a fim de desabafar, mande um email para dechanelnalaje arroba gmail ponto com.

Anúncios